Andriej Ivanov, de 26 anos, conheceu a mulher de sua vida, Maria Petrova, de 21, em uma ponte na Rússia. Ambos estavam ali pelo mesmo motivo: queriam dar fim a suas vidas. No entanto, se apaixonaram, desistiram da ideia suicida e iniciaram um namoro.

O homem estava de coração partido porque sua ex-noiva havia morrido em um acidente de automóvel um dia antes do casamento. A moça sofria após engravidar e ser expulsa de casa pelos pais.

Talvez por uma atitude cavalheiresca de Andriej, a garota estava prestes a pular primeiro. Ela já estava do lado de fora das grades, a 30 metros, sobre a ponte da cidade de Ufa quando, UFA! De súbito, ele gritou para que parasse, correu até ela e os dois se abraçaram.

Juntos, choraram e conversaram a noite toda. Para o homem, aquela noite salvou suas vidas. Para Maria, todo sofrimento valeu a pena, já que encontrou seu par. Agora, segundo o “The Sun“, eles planejam casamento.

Pra quem não acredita em amor a primeira vista, ta aí a prova que realmente existe, e mais uma prova q os semelhantes se atraem :D.